Mino Pedrosa

Justiça Tarda Mas Não Falha

10 ago 2017

Antes tarde do que nunca. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, começou a semana com derrotas acachapantes que revelam a mão pesada contra os brasilienses.
O aumento da passagem para fazer a média com os empresários do setor fez com que a Câmara Distrital, através da deputada Celina Leão e Wasny de Roure, entrassem com ações tentando impedir o abuso da autoridade de Rodrigo Rollemberg no setor de transporte.
A distrital Celina Leão conseguiu na Justiça a anulação do certame fraudulento que ocorreu no governo Agnelo Queiroz e Tadeu Filippelli, com o endosso de Rodrigo Rollemberg, a época senador.
A justiça exigiu que o GDF, fizesse nova licitação no certame do transporte, mas Rollemberg não cumpriu a decisão judicial.
As relações entre os empresariados do setor de transporte e o governador Rodrigo Rollemberg, se compara a siameses.
Uma vitória para o cidadão que precisa do transporte público. O TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) considerou procedente a Ação Popular movida pelo deputado Wasny de Roure, no dia 27 de janeiro deste ano.
O judiciário reconheceu a ilegalidade do Decreto 37.940, que elevava as tarifas para até R$ 5, ou seja, a sentença anulou o último aumento das passagens.
O governo pode recorrer, mas a ilegalidade foi reconhecida. Para o deputado Wasny “após um processo doloroso, a verdade e a justiça social começam a ser restabelecidas com essa sentença”.

Publicidade

Anuncie Aqui